sábado, 15 de outubro de 2011

Pós-consulta

Bem, ontem lá fui mais uma vez à capital.

Entrei no Santa Maria. Tirei a senha B e a senha C.
Fui pesada (44.900).

1ª consulta: Psiquiatra (perto das 11h00).
Entrámos no gabinete as duas ao mesmo tempo. Beijinho para cá, beijinho para lá. 
Dra. S. "Esta é a xxx, não te importas que assista à consulta, pois não?"
O meu pensamento (Foda-se... odeio quando isto acontece")
O que realmente disse "Não, não!" lol
Ainda não me tinha sentado e disse algo como "Oh I.! Mas o que é isto? Vamos ter de nos chatear outra vez?"
Pensamento (Hein? Então porquê? Não me digas que é outra vez por a consulta ser depois da hora marcada!! Eu não tenho culpa que o sistema das senhas leve quase uma hora até chegar à minha vez...).
O que disse: " Porquê?"
Dra. S. "O teu peso! Perdeste peso novamente"
Pensamento (Ah! Isso! Credo, não é preciso tanto drama...)
O que disse "Sim..."
Dra. S. "Tens comido? E vomitado? Então? Não falas outra vez?"
Pensamento (Eh pá, tenho comido que nem uma lontra e sim, volta e meia vomito... mas isto é demasiado constrangedor para se dizer assim, sem mais nem menos, topas? Ainda por cima com audiência e contigo tão agressiva )
O que disse "Fiz o diário, como pediu"
---ela lê o testamento---
Dra. S. "Bem, isto está caótico, não está?"
Pensamento (Podes crer! Houve dias que comi que me fartei!)
O que disse "Um bocadinho..."
Dra. S. "I.!! Tu perdeste 3kgs num mês!
Pensamento (3 kgs?? A sério?? Ora eu tinha 47.600, agora tenho 44.900... ah, não é nada! Perdi 2.700kgs! Tinha perdido mais, se não me tivesse descontrolado tanto... portanto não vejo onde está o drama...)
Dra. S. "Bem, I. Vamos ter de tomar medidas drásticas. Fazer algo que não tenhamos feito. Isto tem de parar. Não podemos permitir que voltes ao mesmo. "  (...) "Segundo o que está aqui, ontem só almoçaste. Certo? E hoje, já comeste?
Pensamento (Algo me diz que vem aí merda...)
O que disse "Levantei-me às 5h da manhã para vir para cá, a essa hora ninguém tem fome... e depois quando cheguei a Lisboa vim a correr para cá! Não tive tempo"
Dra. S. "Blábláblá tiveste tempo no autocarro que leva quase 4 horas até cá blábláblá podes sentir-te mal e estás sozinha blablabla não podes vir à consulta sem comer blábláblá" (alguma agressividade no discurso)
Ela levanta-se e sai do gabinete.
Pensamento (O que é que lhe deu? Passou-se de vez? Peraí... ela deve ter ido buscar comida!! FODA-SE!!!!! O que é que eu faço?? Vou-me embora! Merda... a "assistente" está aqui! O que é que eu faço?? E se ela me traz um bolo hiper-mega-calórico?? Fico ou saio, fico ou saio, fico ou saio??)
Ela entra. Põe em cima da secretária um guardanapo com qualquer coisa lá dentro. Observo, curiosa, mas não me atrevo a ver o que é. Ela destapa. 4 Bolachas simples.
Dra. S. "Podes começar. Vá, que eu fui roubar essas bolachas ali à copa, coisa que não posso fazer."
Pensamento (Ai sim? E queres o quê? Que eu te agradeça???????) 
Entretanto ela telefona à minha psicóloga, para "tomarmos uma decisão".
Ela chega. Beijinho para cá, beijinho para lá.
Dra. S. Blábláblá A Inês perdeu 3 kgs neste mês (filha, aprende a fazer contas...) blábláblá já tem as bolachas há 10 minutos e ainda nem uma comeu
Psicóloga E está a partir em pedaços pequeníssimos

Resultado de muitos blás blás blás (entre elas, basicamente) depois:
Consulta marcada para psicóloga dia daqui a 15 dias (já só ia à psicologa 1 vez por mes, quando não era de 2 em 2 meses e à psiquiatra já nem sei bem... era suposto ter tido alta em Dezembro, acho eu...)
Consulta marcada para reunião familiar daqui a 18 dias (odeio, odeio, odeio!!! Mas não as consegui convencer. No entanto, estou a tentar convencer os meus pais que não é necessário irem. Acho que vou conseguir.)
Receita médica para anti-depressivo (recuso-me! Além disso, esqueci-me de ir ao balcão para colarem a vinheta. Portanto, nada a fazer hehehe)
Diário alimentar (Outra vez???????? Tás a gozar, não???? Mais 15 dias?? Juntando tudo, dá 50 dias a escrever tudo o que enfio na boca!!!!!! Isto é de loucos!!!!!!)

Consulta terminada.
Dra.S. "Ainda vais na 2ª bolacha!"
Psicóloga "Não te preocupes que ela agora vai comigo para a consulta e vai come-las lá, não é I.?"
Pensamento (isso é para responder ou é uma pergunta retórica?)
Dra. S. "Sim, porque senão já sei que essas bolachas iam directamente para o caixote do lixo"
Eu: "Não iam nada!" (fiquei realmente magoada por ela achar que eu seria capaz de o fazer... não sei é porque é que me magoou, porque esse seria o destino mais provável daquelas bolachas...)

2ª Consulta: Psicóloga
Não vou descrever a consulta. Vou apenas dizer que adorei adorei adorei. Falei. Consegui falar :D No final da consulta, como ainda me faltavam 2 bolachas (lol) ela quis falar com o V., um amigo meu que me acompanhou ao hospital, para que ficasse de olho nas ditas bolachas. Eu entrei em pânico e implorei que não o fizesse... não a ele... que vergonha seria! Então prometi que as comeria. "Vou confiar em ti!".

Saí do hospital, com elas na mão.
Decidi cumprir a promessa, afinal ela confiou em mim! Coisa rara, nestes casos... portanto não a podia desiludir. Mas... senti-me mal por estar a comer em frente ao V. sem lhe oferecer... E ele aceitou uma bolacha. Não sei se fiz bem, se fiz mal. Mas faz parte de mim partilhar seja o que for. E afinal sempre comi 3 das 4 bolachas! Não é mau de um todo...

Alimentação: Ontem e hoje não comi quase nada. Tenho fome, mas não tenho "aquela" fome, logo é controlável. Quero comer. Mas não posso. Não sei porquê. Mas não posso.

Por hoje já chega. Perdoem o testamento.
Beijinhos a todas e obrigada pela visita ao meu cantinho
p.s. mimem-se, amem-se, cuidem de vocês! **

16 comentários:

Diana disse...

será q é desta q consigo comentar??

Diana disse...

MILAGREEEE

Pypoka disse...

ahahahahaahah

Diana disse...

okay, tinha feito um testamento enorme no post anterior mas aquela coisa nao deu e agr tou cansada e nao quero meter aqui uma merda dislexica, por isso, só isto por enquanto: espero que melhores e que melhores essa vontade, estás no meu pensamento e oração. eu acredito em ti e mts pessoas acreditam e acho que no fim de tudo és tu quem vai vencer.

um beijinho mt grande :)

Pypoka disse...

looooooooool obrigada pelo apoio :D

Dory disse...

ainda bem que gostas do meu blog :)
não, não, eu também pensei que fosse o daniel sampaio mas não é esse, é um antónio qualquer coisa.. acho. foi a minha mãe que me disse que ele era de lá do santa maria, se calhar enganou-se porque tive a ver no site do hospital no dia em que fui à consulta e não encontrei lá o nome dele, enfim..
fico feliz por ter corrido tudo bem com a psiquiatra. e ainda bem que cumpriste o que prometeste - não acho mal teres oferecido a bolacha, é algo normal.
no meu caso ninguém sabe a gravidade da minha doença, só eu mesmo. não sei se isso é bom ou mau. aliás, a minha mãe sou reparou que eu estava "muito magra" quando já estava uns 5kg acima do meu peso mais baixo lol.
epa não sei é bue tarde e vim agora do voluntariado, deves ter noção do cansada que estou (dado que também fazes!). amanhã se calhar passo por aqui e escrevo algo mais decente haha
beijinho e MUITA FORÇA *

Suzy Anye disse...

Nossa, quanta coisa, que consulta detalhada!
Mais fico feliz, perdeste peso.
E daí? Se queres levar adiante, continua, se queres o tratamento, te esforças!
Mais pelo menos com a psico foi legal!
Beijos!

Dory disse...

ANTÓNIO NEVES SIM!!!!!!!!! conheces?

Lisa disse...

(eu estudo em Lisboa, por sinal, perto do Santa Maria :) andarás por perto, não?)

Eu odeio médicos que acham que tudo isto é apenas uma questão de se pesar X ou Y quilos.
Ignorantes de um raio -.-

Pensa em ti e no teu bem estar. Precisas de querer melhorar para obteres resultados =)

Beijinho*

Anónimo disse...

Eu também tenho consultas no Santa Maria. Sempre às quartas-feiras. Já tive psicóloga mas depois fui internada e pedi para não voltar a ter e até agora não tenho. Tenho só consultas de mês a mês para me pesarem. Mas eu não posso perder nem 100 gr que me internam logo outra vez. O que é horrível, porque saí de lá com mais 8 kg...

Pypoka disse...

anónimo: que estranho... e pq não queres psicóloga mas vais lá para te pesarem? Cá para mim, as consultas com a psicologa são o melhor de lá ir ^^

Lisa disse...

Adicionei-te no msn =)
o meu mail tem ''pierrot'' pelo meio :P

* O meu cantinho * disse...

ola =)

obrigado pela visita e pela ajuda..mas achas que deva dar sandes ao meio da manha??

bem e a 1º vez que passo por aqui..e espero vir a acompanhar o teu cantinho!

podes contar para o que for preciso =)

beijoo

Joh disse...

adorei ler este post. mais uma prova de que os psiquiatras só estão lá para medicar e que não percebem nada do ser humano.

Fico feliz que tenhas gostado da consulta da psicóloga, ajuda imenso podermos falar com alguém calmo, que não nos caia em cima logo que abrimos a boca.

E acho que pequenos passos são de louvar, e sim já foi óptimo comeres três das quatro bolachas. :)***

Catarinaa disse...

tenho um problema igualzinho ao teu, a única coisa que temos de diferente é que eu não tenho compulsões, se me quizeres adicionar:
Katarina_junior_@hotmail.com

Anónimo disse...

Tenho o mesmo problema que tu (conheço a catarina) , mas tenho metade da tua idade :s gostava de falar contigo se quiseres adicionar-me é marso@live.com.pt