terça-feira, 24 de abril de 2012

Time to grow up! - consulta

E lá se passou mais uma consulta.
Correu muitíssimo bem.

Começei por ouvir elogios por ter mantido novamente o peso. Aliás, perdi 200gr, mas é praticamente o mesmo que manter lol (47.600). Não sei bem como tenho conseguido este feito, porque tenho comido bastantes doces, mas não quero pensar nisso, portei-me bem, comi quando quis e o que quis e estou orgulhosa de mim mesma :)

Depois contei que estou a dar explicações às irmãs do coiso e ela não ficou lá muito contente por eu própria me ter oferecido e, ainda por cima, não estar a receber nada. No entanto, achou "menos grave" grave aqui não será o termo mais adequado, mas azar) quando lhe contei que a convidei para tomar café... Se calhar até tem razão, não sei ainda. Tenho de pensar melhor nisso. Até chegar a uma conclusão, vou continuar com as explicações (já me comprometi) mas nada mais. Nada de aproximações, pelo menos enquanto não perceber exactamente o que quero fazer em relação a isto tudo. Parece-me uma boa decisão :)

Acho que não falámos assim mais nada que considere relevante focar aqui, a não o facto de ter finalmente admitido que nem sempre tomo a medicação (aviso desde já que este diálogo não foi assim, apenas acho mais complicado pôr isto em texto... vou tentar dar uma ideia de como foi):

"Porquê?"
Eu: "Porque finjo que me esqueço. Lembro-me sempre, mas nem sempre os tomo, porque me "aborrece" ir até à cozinha, ou, quando lá vou, "aborrece" encher um copo de água..."
"Com que frequência tomas?"
Eu: "Depende..."
"Isso não me diz nada... hoje tomaste?"
Eu: "Não... e ontem também não... no sábado também não... agora que penso nisso, há alguns dias que não tomo"
"Mas porque achas que fazes isso?"
Eu: "Sei la, porque tenho medo de ficar boa? Mas foi sempre assim, nunca fui muito certa com a medicação..."
"Sempre assim? Desde que vens cá?"
Eu: "Sim! Quero dizer, menos quando era a minha mãe que controlava a minha medicação" (por causa das overdoses frequentes lol)
"Ahhhhhhhhhhhhhhh! Então precisas da mamã para tomar a medicação certinha? Tenho de pedir ajuda à tua mãe?"
Eu: (Envergonhada) "Não, não! Eu vou tomar! Ou pelo menos tentar!"
"Hoje já não dá, não é? Não deves ter aí na mala..."
Eu: "Tenho! Ando sempre com eles, porque sei que me "esqueço""
"Então vais tomar agora!" (levanta-se)
Eu: "Não é preciso!! Eu prometo que tomo!!"
(sai do gabinete, enquanto morro de vergonha. Regressa com um copo de água. Eu tomo-os, cheia, mas cheia de vergonha)
"Acho que não te vou massacrar mais com este assunto, acho que já percebeste bem onde quis chegar"
Eu: "sim... já tenho 25 aninhos, se calhar está na altura de crescer..."
"Pois... se calhar está!"

Depois marcámos a consulta para daqui a 3 semanas. "Inês, eu vou-te dar um voto de confiança! Se me voltares outra vez maluca, não sei que te faço!!" (atenção, isto foi dito num ambiente descontraído e em tom risonho! Não senti, de forma alguma que me estivesse a chamar de maluca lol tal como toda a consulta em si, ela foi sempre muito querida, nunca, jamais agressiva... espero nao ter transmitido a ideia errada).

Ah, é verdade! Ontem tive a tal conversa com o meu tio. Foi um momento mesmo positivo. Senti-me menos louca e acho que ele também. Afinal, "não somos os únicos... não somos tão disfuncionais assim e a culpa não é nossa, é dos genes!" LOOOL prefiro pensar assim, sinto-me melhor :D

Ai, já chega de escrever! Vou dormir porque amanhã de manhã vou dar explicação à minha priminha!! Beijinhos a tod@s e façam-me o favor de serem felizes!!!!!!!!! É TÃO BOM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


15 comentários:

Luah disse...

Lool estou a imaginar a tua conversa com o teu tio :D

não conheço ninguém que não me ache estranha, podem não admitir mas vejo o olhar que às vezes fazem. Por isso é bom que tenhas alguém com quem conversar e a psicóloga deve ser mesmo uma querida :D

Que bom!! :)

Joana disse...

Olá :)

É tão bom ver-te assim animada :D A sério, precisavas mesmo de uma fase assim :)

O meu desafio dos muffins é um desafio em que as pessoas fazem muffins e o melhor ganha um prémio :P Queres participar? :D

Tem um bom dia Inês, e muitos, muitos beijinhos :D

Anónimo disse...

Tens a certeza que tens 25 anos??? :S

(●•Lia•●) disse...

Vou tentar simm ser feliz!

Abraços!

Ju disse...

Gosto muito de te ver assim, toda animada! Continua!

Beijinho e boa semana :) *

Pypoka disse...

Querido anónimo,

certeza, certeza não tenho. Mas é o que consta no meu cartão de cidadão... não posso dar certezas, porque não me lembro lá muito bem do dia em que nasci, sabes.

Sim, eu sei que sou imatura. Sim, eu sei que com 25 anos é suposto uma pessoa ser adulta e não estar tão dependente dos papás e não ter atitudes de criança.

Mas olha, sou assim. Estou a tentar mudar (não me vou desculpar com doenças nem nada do género, porque não me parece que faça sentido), mas não vou nem quero mudar tudo em mim.

Talvez este seja o meu maior defeito, mas teria de ter algum defeito, certo? Ninguém é perfeito... Pelo menos admito que é uma característica nada positiva em mim e estou a tentar mudá-la. Alguma coisa contra? :)

Beijinhos e fica bem :)

Luah disse...

ahaha que sorte! aqui teve um tempo daqueles que nem vontade de sair da cama dá. XD

Luah disse...

loool pode não ser vista como um defeito a imaturidade que falas ter para o anónimo. sabes? :p

que piada tem viver uma vida sem graça, sem sermos um pouco imaturos? ser sério é a coisa mais chata que existe :D

Diana disse...

seguindo !*
li tudo, e digo : força

go hard girl ! **

Milita* disse...

pois, eu acredito na hipótese de "ter medo de ficar boa"... por acaso foi coisa que nunca me passou pela ideia. Vá, um dia ou outro não tomei pq não tinha ou pq queria beber alcool (e dps acabava por não beber lol) mas eu sinto logo qdo não tomo. Fico deprimida :(

Milita* disse...

Ah e adorei a tua resposta ao anónimo xD

Luah disse...

lol por acaso sou do norte! xD também já reparei que é tudo de centro e sul de pt XD que coisa XD

Luah disse...

lol sim do sul também são poucas meninas por aqui xD
era giro que fossemos de perto, mas olha XD

é somos fixes cá em cima XD

disse...

és uma lutadora, és uma guerreira. tenho orgulho em ti, tenho mesmo! quero ser forte como tu, mesmo com os medos todos... ter medo é natural, mas os medos existem para os enfrentarmos e não para nos vencerem.
gosto mt de ti minha querida,
beijinho

Joana disse...

Hello :D

Se amanhã tiveres alguma questão sobre as barrinhas (quer dizer, tecnicamente já é hoje) manda-me um mail (ou um comentário, porque eles caem no meu mail), porque eu não vou andar muito contactável mas os mails caem sempre no meu telefone e eu vejo-os sempre ;) Digo isto porque a primeira vez que se faz barrinhas nem sempre corre bem (pelo menos foi a minha experiência) ;)

Beijinhos, boa sorte e depois diz como correu :D