sexta-feira, 3 de agosto de 2012

A minha mãe está viva e em casa. Teve alta hoje.

Adorava ter registado aqui todo o progresso dela, mas nem tempo para coçar o rabiosque eu tive... bem, assim muito por alto, a minha mãe teve um enfarte no dia 23, 2ª feira. A coisa foi feia, porque tudo levou muito tempo. Quando finalmente a enviaram para faro (eles estavam na minha casa de campo, foram ao encontro da ambulancia, enviaram-na para loulé e uma carrada de tempo depois é que os enfermeiros insistiram com o medico para a enviar para faro, porque "nao sou cardiologista, nao sabia que se tratava de um enfarte". Fez um cateterismo (no qual ela ia ficando lá, o coraçao estava preguiçoso para cacete). Eu só a vi na sexta-feira seguinte, felizmente, porque segundo dizem ela nem falar conseguia. Nessa sexta-feira de manhã fez outro cateterismo, desta vez pela virilha (na outra tinha sido pelo braço direito). Ainda nessa sexta-feira ela sofreu um belo de um avc, que lhe paralisou todo o lado esquerdo do corpo. Iamos morrendo de susto outra vez. Ficou com a área do raciocínio afectada, mas nada que não volte ao "normal" (a plasticidade do nosso cérebro é uma coisa fantástica). Em termos de sequelas gerais, o coração ficou numa caca e agora vai começar a cansar-se com mais facilidade (óbvio). Vai passar a fazer fisioterapia, fisio-qualquer-coisa, terapia ocupacional e psicoterapia.
Aspectos positivos: começou a ser acompanhada por uma psicóloga lá (ALELUIAAAAAAAAAAAA) e está a tomar anti-depressivo (FLUOXETINA!!!!!!!!!)

Ah. Está esqueletica. Mas mesmo a sério. Ossos por todo o lado. Mas ela recupera. Ela não vai gostar do que vê. Não pode.

O gajo marado parece-me ser marado mesmo. Anda deprimente (mas mesmo deprimente) porque não tenho estado com ele. Discutimos várias vezes por mensagens (o que, a meu ver, é uma coisa extremamente ridícula. Mas ele insiste. E se não respondo, a coisa fica pior.). Pode ser que a coisa passe. Vamos lá ver.

Quanto a peso e afins. Ontem tinha 47.500. Amanhã tenho mais, de certeza, mas tou-me a cagar. Tenho mais em que pensar.

Tenho tido o apoio da psicologa (que nao se esqueceu da minha mae e tem perguntado por ela, mesmo estando de ferias), da mana (que ja me andava a irritar, mas isso é outra historia), da mariana e de uma professora da universidade que me encontrou um dia no hospital. Ela estava lá porque foi visitar uma outra professora minha (que eu adoro) que tinha sido internada de urgencia. Achei-a muito cabisbaixa. Tem um feitio tipo o meu, sempre a rir e a brincar e achamo-nos mutuamente com má cara. Pediu-me o meu numero de telemovel, abraçou-me quase a chorar e deu-me força a mim e ao meu papá, que estava ao meu lado. Temos falado todos os dias. Tem sido uma querida, mesmo.

Não me lembro assim de mais nada para contar... ah! a ultima consulta (no famoso dia 23) correu lindamente. Não fui pesada porque não ouve tempo (eu tinha de vir para faro a fugir, por causa da mae), mas penso que na altura teria uns 47 e pouco. Ou seja, umas gramitas a mais em relação à ultima consulta. Ela ficou contente por me ver mais ou menos igual a nível físico. Proxima consulta dia 20 de agosto.

Pronto, é tudo. Vou descansar, que não durmo uma noite decente desde que o meu pai foi para angola. Aliás, eu na altura ja andava cansada, porque deitava-me tarde e acordava cedo (culpa do gajo marado). Ou seja, já faz mais de um mês que não durmo 8h de seguida! Pode ser que hoje seja o dia :)

Beijinhos a todas! Amanha leio-vos! :)

4 comentários:

Joana disse...

Eu vi a tua mensagem há bocado e fiquei muito feliz Inês :) Vais ver que vai tudo ficar bem :) Estou a torcer muito por ti e pela tua mamã ;)

Alguma coisa já sabes: estás à vontade para mandar mensagem ;)

Muitos beijinhos :)

Pizza disse...

Pyps, espero que o susto já tenha passado de vez! Nem consigo imaginar o medo q sentiste. A vida é tão importante não é?

O rapaz está apanhadissimo por ti! Não te esqueças q a comunicaçao é a melhor arma de uma relação e se queres investir em vcs aposta nisso desde já!

Beijos enormes, espero q fique tudo bem c a tua mãe e ctg :D

Milita* disse...

força pipoka! Foi um momento mau que já passou. Agora é seguir em frente e ela vai vencer! As melhoras da mãe!
Um beijinho*

Andreia disse...

as melhoras da tua mãe. espero que fique boa depressa. e tu tens de ter força! vais ver que vai ficar tudo bem !
beijinho