sábado, 22 de setembro de 2012

A mãe dele

A mãe dele hoje ligou-lhe e pediu para falar comigo. Motivo? Queria que lhe explicasse como criar um novo álbum de fotos no facebook. LOL. Ficámos um booom bocado ao telemóvel e depois o problema passou a ser outro: ela estava no pc de uma amiga e, para entrar no face dela, teve de tirar o e-mail e password da amiga. Obviamente, a palavra-passe deixou de estar lá memorizada e a amiga fritou. Lá as acalmei, explicando que não era o fim do mundo e que dava para recuperar a palavra-passe.

Ainda há bocado, enviei uma mensagem pelo face à mãe dele, a perguntar se o problema (lol) estava resolvido e enviei o meu numero de telemóvel (que ela me tinha pedido, mas nao lho dei na altura porque não sei de cor). Qual não foi o meu espanto quando, pouco tempo depois, o telefone toca. Era ela a dizer que ainda não tinha descoberto como criar um novo álbum........... lá estivemos as duas a fazer tudo passo-a-passo. Depois queria saber como eliminar um álbum. Ok. Procurei e expliquei (é complicado para mim, porque o meu face está em inglês e tenho de lhe dizer em português). Chegou lá. "Então e para apagar uma foto do álbum?". Já nao tive tempo de lhe explicar, a mariana estava a minha espera havia algum tempo e o pão-de-açúcar estava quase a fechar. "Obrigada, querida!"

Weird. Ah, ela foi mãe dele aos 15 anos, logo é mais nova que a minha mãe. Tem 47 anos. A Mariana acha que ela deve ser muuuuuuito simples, mas não me parece a palavra mais indicada. Mas é simpática e até agora não tenho razões de queixa (apesar de achar que me ligar para saber coisas do face, tendo em conta que mal me conhece, seja algo.... am.... sei la, estranho? Fútil? Esta palavra parece-me muito forte, mas pronto).

Agora vou fazer o jantar para mim e para o rapaz. Acho que lhe vou dizer para comermos aqui e só depois irmos para casa dele.

Como estamos os dois? Acho que bem. Já me esforço para estar com ele, fiz o meu horário (explicações) de forma a passar o máximo de tempo possível com ele. Gosto de estar com ele, apesar de achar que tem alguns problemas de expressão lol já nao anda tao possessivo e tão inseguro (ou pelo menos nao demonstra). Ah, no outro dia, estávamos nós a ver um filme, quando ele me começa a chorar, no meio de uma cena lamechas. lol É o que eu digo, ele é a gaja nesta relação.

Bem, vou fazer o jantar. Beijinhos beijinhos!


3 comentários:

Joana disse...

Que situação estranha :P

A questão da tua Faculdade, como está? Há novidades?

Beijinhos! :)

D.Pereira disse...

eu sinceramente até acho normal... provavelmente mesmo sem te conhecer tão bem, eras provavelmente a pessoa mais próxima que perceberia talvez mais do assunto... eu não estranharia...

Be(e)Free disse...

(oficialmente: A MAE DELE ADORA-TE!!)