domingo, 9 de setembro de 2012

Hey :D

Fizemos as pazes ontem à tarde, quando ele finalmente acalmou. Falámos sem discussões (nunca discutimos frente a frente, é sempre pela porcaria das mensagens). Dei-lhe nas orelhas, fui um bocadinho mázinha, fomos acalmando, disse o que não gostei, o que gostava que fizesse quando "aquilo" acontecesse e ele compreendeu (eu certifiquei-me disso). Fi-lo falar também, parece-me sensato que cada um diga o que pensa. Fiz-lhe vários pedidos (relativos a atitudes dele) e ele fez o mesmo. Pediu-me para falar mais, para me abrir mais com ele e para o avisar quando não estou bem. "não quero falhas na comunicação, nunca dá bom resultado". Prometi tentar, mas avisei que nem sempre consigo dizer que "hoje não me sinto bem". Pedi-lhe para dar mais importância aos sinais que lhe transmito (que ele repara sempre). Não é que ele não dê importância, não sabe é como lidar com eles e acaba por fazer asneira da grossa.
Prometeu controlar-se mais nas mensagens.
Sei que ainda vai ter deslizes (ninguém é perfeito), mas acredito que não serão por me querer mal. Isso não o desculpará, claro, mas ajuda muito. Acredito que vai fazer o melhor que conseguir (porque mudar não é fácil) e isso para mim é de dar grande valor. Ele gosta de mim, eu sinto que gosta. Não regula lá muito bem da cabeça (quem regula?), mas se o puser já "na linha" (credo, soa tão mal lol) acho que a coisa pode realmente resultar.

Ah, quando fizemos as pazes senti um alívio enorme. E hoje (ontem, depois da conversa com ele, fui para o campo. voltei hoje ás 18h30) morria de saudades dele lol tive de mover montanhas para acelerar o pessoal cá de casa só para conseguir um "shot" de café e um cigarrito com ele antes de ele entrar (a minha forma de não dizer "eu queria muito vê-lo e enche-lo de beijinhos antes de ele entrar no trabalho, mesmo estando eu toda descabelada e cheia de pó", porque parece demasiado... am... sei la...). 

Voltei a bordar. Estive a mexer no baú e a fazer a lista do que já tenho (sim, eu faço enxoval e gosto muito lol). Não sei porquê (lol?), mas tenho andado a pensar muito nas minhas coisinhas.

Peso? Não sei. Alimentação? Não sei, só sei que não tenho passado fome nem tenho comido o mundo inteiro. Vou tentar não me focar muito nisso por agora, pode ser que consiga aumentar sem pensar muito nisso :)

Beijinhos!
E sim, estou no bom caminho e sinto-me melhor a cada dia que passa :D
Começo a ter objectivos (saudáveis) em vista, embora que pequeninos.
Eu chego lá, vocês vão ver :)

2 comentários:

D.Pereira disse...

ainda bem que fizeram as pazes, eu cá não aguento muito tempo chateada com o meu namorado, gostava de aguentar para ele perceber que fez realmente algo muito mau, mas acabo por me derreter toda, o que hei de fazer, nós mulheres somos umas burrinhas...

acho muito bem que estejas com essa atitude em relação à tua saúde e alimentação... estou muito feliz por ti :)

Be(e)Free disse...

(estou a adorar a «bipolaridade» :p é sinal que estás a lutar..essa oscilação de estados é um óptimo indicador.) beijocas larocas nenas!