sábado, 8 de dezembro de 2012

:)

Não sei quanto peso, mas devo andar por volta dos 46/47. Na última pesagem (talvez na 2ª, 3ª ou 4ª, não sei) tinha 46.7.
Na última consulta não me pesei "vou confiar em ti", disse ela. Fui sincera e disse que tinha perdido peso, porque adoeci (verdade) mas que não andava muito longe dos 48 (também verdade). Agora não consigo recuperar o peso, embora não me prive de nada. Ou então privo-me, porque estou com 46.5. Não faço ideia, não percebo nada.

Era para ter consulta esta 2ª. Not gonna happen. Motivo? Múltiplos:
a) tenho de estudar, 3ª frequência de estatística na 4ª (na 1ª tive 18, na segunda vou ter praí 10, se tiver sorte, e nesta que vem a coisa também vai correr mal, porque não consigo estudar).
b) pais foram hoje para corroios, pelo que teria também de ter ido hoje. Isto implicaria perder não um, mas 3 dias de estudo
c) não tenho grandes vontades de passar um fim-de-semana com o estupor. Há dias que consigo, outros não. E agora é um não.
d) prometi que iria subir até aos 50 (à psiquiatra) e que não desceria dos 48 (à psicóloga) e não cumpri nenhuma das duas promessas. Acho que tentei (mesmo) e não tenho pachorra para que me digam o contrário.

Sinto que o rapaz me está a esconder alguma coisa. Não costumo errar muitas vezes neste tipo de "feelings", mas posso apenas estar a ser neurótica.

Ai. Enquanto escrevo sinto a minha cabeça a dizer "talvez menos 1kg... ninguém vai reparar. Tens a desculpa do stress dos exames. Além disso, a psicóloga não vai conseguir arranjar consulta para este ano e depois no Natal recuperas. Só por uns dias..."

Ora bem, passemos à fase da análise do pensamento disfuncional: hum... será que está alguma coisa relacionada outra vez com o ir ou não ir à consulta? Com o facto de ela querer confiar e eu também querer que ela confie mas não me sinta ainda preparada? Hum...

Bah. Who cares.

p.s. sinto-me bem, não sei o que me deu para escrever isto. Tudo me corre bem. Eu é que não sei lidar com tanta coisa para fazer. Não sei ser adulta. E talvez nem queira. Bah






Sem comentários: