sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Consulta

Demorou cerca de 15minutos porque cheguei 20 minutos atrasada (houve acidente antes da ponte e o trânsito ficou impossível). Odeio chegar atrasada, odeio acordar às 5h da manhã, levar quase 8horas em viagem (ida e volta) para depois ser tudo à pressa. Mas imprevistos acontecem e temos de lidar com eles. Por causa do atraso, não me pesaram. Não faz mal, devo estar nos 47 e qualquer coisa, não estou muito mal ("se achasse que terias perdido muito peso, pegava em ti e íamos lá abaixo").
Não levei nas orelhas. Contei que fiz para perder peso mas que depois, como o peso subiu em vez de descer, irritei-me e mudei de ideias. Ela perguntou o porquê de ter querido perder. Fui sincera e disse o que realmente pensava: lido mal com a novidade, com o imprevisto, que fico extremamente ansiosa e que não gosto da sensação. Contei também que quando comecei a restringir que me comecei a sentir mais calma. Por outro lado, disse que "não posso ter outra recaída agora. Uma recaída dá muito trabalho..." Ela riu-se e concordou.

Foram apenas 15minutos, mas o facto de me ter elogiado (porque previ uma recaída e reagi contra ela) deu-me novamente esperanças. Talvez eu não seja um caso perdido, talvez um dia consiga não ter medo de seguir em frente. Talvez um dia eu consiga dizer que já não preciso dela. Duvido, mas quem sabe...

3 comentários:

tralhas de mulher disse...

eu tenho a certeza que vais lá chegar =) por toda a tua história...tens força!
beijinho

Be(e)Free disse...

querida amiga mt linda, se a vontade fosse tudo...

Eu cá acho que estás no bom caminho..ah, btw, qt ao comentário da Té, creio que tu admites muito bem as tuas «manhas» e és mt sincera contigo e com os outros. Só falta um passinho p/ provar que consegues não recair..

beijocas larocas!

ThinnerThanAir disse...

Fiquei com pena de não ter tido tempo para estar contigo um pouco. Vêmo-nos lá em baixo. bj