segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Pânico às 3h30 da manhã!

O meu rapaz teve uma crise de epilepsia ainda agora. Foi certamente devido à hipoglicemia que tinha, criada por mim, porque fui eu quem fez as contas entre os valores glicémicos que tinha à meia-noite com o que estava a comer. Costumo acertar, mas desta vez falhei e bem. Tinha 53 e eu ia-me borrando de medo. Já assisti a vários ataques iguais (do meu irmão), mas já me tinha passado a "frieza" durante o ataque ("isto passa inês, isto passa, ele fica bem"). Desta vez pareceu-me mais longo, vê-lo sangrar como sei-lá-o-quê, ficar roxo e sem respirar, fez-me esquecer tudo o que já sabia e gritei, dei-lhe palmadas na cara, enfiei os dedos na boca, enfim, fiz tudo o que sabia que não deveria fazer, porque entrei em pânico. Só me fiz bem o desviar a cama e tudo à volta para não se magoar. E depois ainda lhe fui medir os valores, erro que desconhecia, deveria ter espetado o glucagen ou lá como se chama aquilo.

Mas já passou. Já consegui subir os valores e já o pus a dormir. Agora é mentalizar-me que isto pode acontecer novamente e que para a próxima é amparar a cabeça, "rezar" para que passe e, quando terminar o ataque, colocá-lo de lado como eu sempre soube fazer, braço e perna ao lado, puxar o outro braço e já está. Depois é ir buscar o glucagen (para quem nao sabe, basicamente é uma seringa com um pó e um líquido que ajudam a subir os valores de açúcar) e espetar-lhe aquilo na perna, mentalizando-me que ele (provavelmente) não sente se espetar desta ou daquela forma.

Agora, 1h depois, sinto-me ridícula por ter entrado em pânico e ter feito tudo ao contrário. Não fiz nada perigoso, vá, mas fui parva... Vou confirmar se está bem, fumar um cigarro, e esperar que amanhece, porque sinto tanta adrenalina dentro de mim que adormecer está fora de questão. Meu querido fofinho... doeu tanto vê-lo naquele estado e sentir-me impotente... Mas já passou e ele está bem. Agora, cabeça erguida e aprender com os erros. Certo? :)


1 comentário:

Milita* disse...

Certo! São situações que acontecem! Falhas.te, mas és humana! Todos erramos! Aprendeste e na proxima (que esperemos não haver!)já sabes lidar melhor com a situação. bjos*