terça-feira, 10 de setembro de 2013

Tudo para o lixo :)

Antes de vir morar para cá, resolvi que seria para mudar de estilo de vida. E o primeiro grande passo foi desfazer-me de um dos meus grandes "just in case".
Lâminas; frascos de comprimidos para emagrecer; caixas de laxantes; mil e quinhentos relatos de pré, durante e pós-internamentos; marcações de consulta; papéis e mais papéis; ofertas de enfermeiros e doentes. Tudo para o lixo. Ainda penso nisso, com certo receio, mas sinto-me confiante. Afinal de contas, se tudo correr mal novamente, que tal tentar uma nova abordagem? Se isto não resultou, parece-me sensato procurar outras alternativas.

O mesmo se trata do peso, maria inês... deixa-te de desculpas e não percas para aumentar. Aumenta e pronto! O que é de tão mau pode acontecer??

**

4 comentários:

Anónimo disse...

mim concordar.
tb tennho um caixote debaixo da secretária de que ainda n fui capaz de me livrar. lol. nao fui porque nao quis.

és mt sincera ctg e acho q tens coragem. agr só falta mesmo ires de cabeça...«aumentar», no teu caso, vai ficar-te lindamente.

Diana

Pypoka disse...

Eu levei 7 anos a ter coragem... espero que não precises de tanto tempo :)

Catarina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedacinho disse...

De certo modo inspirada pela tua atitude (e com a obrigação de enfiar uma 'vida' numa mala de 20kg) dei por mim no mesmo processo - tudo para o lixo. Custou de início, mas agora, que me vi livre de metade do que tinha, sinto-me bem mais leve! É uma sensação que aterroriza, mas tão, tão boa!

Obrigada :) Beijinho grande.